ESCOLHA POR PORTE:

DESCUBRA A RAÇÃO IDEAL PARA O SEU CÃO:

RAÇAS
  • Escolha uma Raça
  • Akita Inu
  • Beagle
  • Bernese Mountain Dog
  • Border Collie
  • Boxer
  • Buldogue Francês
  • Bulldog Inglês
  • Chihuahua
  • Chow Chow
  • Cocker Spaniel
  • Collie
  • Dálmata
  • Dobermann
  • Dog Alemão
  • Golden Retriever
  • Labrador Retriever
  • Lhasa Apso
  • Maltês
  • Pastor Alemão
  • Pinscher
  • Pitbull
  • Poodle
  • Pug
  • Rottweiler
  • Schnauzer Miniatura
  • Shih-tzu
  • Spitz
  • Sem raça definida
  • Teckel
  • Yorkshire Terrier
NECESSIDADES ESPECIAIS
  • Sobrepeso
  • Dermatites
  • Cálculos urinários
  • Gastrite
  • Distúrbios intestinais
  • Doenças hepáticas
  • Doenças cardíacas
  • Intolerância alimentar
  • Alergia alimentar
  • Diabetes
  • Obesidade
  • Doenças renais
  • Paladar apurado
FASE DA VIDA
  • Fase da vida
  • Filhote
  • Adulto
  • Idoso
PORTE DO ANIMAL
  • Porte do Animal
  • Pequeno
  • Médio
  • Grande

NOSSAS LINHAS:

Escolha pela fase da vida:

DESCUBRA A RAÇÃO IDEAL PARA O SEU GATO:

RAÇAS
  • Escolha uma Raça
  • Angorá 
  • Azul Russo 
  • Brazilian Shorthair 
  • British Shorthair 
  • Chartreuse 
  • European Shorthair 
  • Gato Abissínio 
  • Gato Cornish Rex 
  • Gato Oriental 
  • Gato Siamês 
  • Himalaia 
  • Maine Coon 
  • Norwegian Forest 
  • Persa
  • Ragdoll 
  • Sagrado da Hirmânia 
  • Scottish Fold 
  • Siamês
  • Sphinx 
  • Sem raça definida
NECESSIDADES ESPECIAIS
  • Sobrepeso
  • Distúrbios intestinais
  • Cálculos urinários
  • Doenças renais
  • Diabetes
  • Obesidade
  • Castrado
FASE DA VIDA
  • Fase da vida
  • Filhote
  • Adulto
  • Idoso

NOSSAS LINHAS:

DESCUBRA A RAÇÃO IDEAL:

ESPÉCIE
  • Gato
  • Cão
NECESSIDADES ESPECIAIS
  • Sobrepeso
  • Dermatites
  • Cálculos urinários
  • Gastrite
  • Distúrbios intestinais
  • Doenças hepáticas
  • Doenças cardíacas
  • Intolerância alimentar
  • Alergia alimentar
  • Diabetes
  • Obesidade
  • Doenças renais
  • Paladar apurado
  • Sobrepeso
  • Distúrbios intestinais
  • Cálculos urinários
  • Doenças renais
  • Diabetes
  • Obesidade
  • Castrado

NOSSAS LINHAS:

10 atitudes para melhorar o convívio com seu cachorro.

10 atitudes para melhorar o convvio com seu cachorro.

Algumas atitudes diárias podem diminuir o estresse e melhorar o convívio entre você e seu cão. Confira as dicas:


• Passeio.


Uma rotina de passeio de 20 a 40 minutos diários com seu cão só tem benefícios. O cachorro fica mais calmo, descarrega a energia, faz exercício físico e passa mais tempo útil e agradável com você, fazendo com que a experiência seja mais do que agradável para ambos.


•Refeições sem interrupção.


Interromper as refeições como forma de castigo ou para acostumar o cão a presença humana e evitar agressões é muito comum.


Porém esse método está equivocado e pode ter o efeito contrário ao desejado, tornando o animal estressado e sempre amedrontado na hora das refeições.


O momento da alimentação é importante e deve ser agradável e sem interrupções. Sempre encha o pote limpo com ração para cães de acordo com a idade do seu animal e não retire enquanto ele ainda mostra interesse por ela. Faça carinho nele, fique perto, ronde, para que ele se acostume desde sempre a presença de alguém enquanto come, mas nunca tire ou interrompa o momento da alimentação.


•Correção instantânea.


É mais do que necessário corrigir o comportamento errado do animal, repreendendo- o com calma e ensinando-o sempre a maneira correta de proceder na situação.


Porém, a correção deve ser instantânea. Se por acaso o momento passar, a correção não deve mais acontecer, já que cães não entendem porque estão sendo punidos ou repreendidos se o momento já tiver passado.


Prender seu animal em coleiras, quartos, agredi-lo fisicamente ou gritar muito vai assustar o cachorro, estressá-lo e torná-lo agressivo, bem como usar castigos da maneira usada para seres humanos, que têm como objetivo o tempo para pensar. O seu animal não sofre efeito positivo passando um tempo confinado ou sozinho, ele não entende como um ser humano e não deve ser tratado como tal.


•Companhia constante.


Os cachorros são seres sociáveis e que gostam de brincar e se relacionar, tanto com humanos quanto com outros animais.


É importante reservar um tempo para brincar e se relacionar com o seu cachorro, dando a ele carinho e atenção. Esse tempo ajuda o cão a ter mais confiança em você, a ficar mais acostumado com o ambiente e a diminuir a ansiedade causada pela sensação de abandono.


Além disso, esse tempo serve também para você checar a integridade física e o comportamento do animal, certificando-se de que está tudo bem com o seu cãozinho.


Para quem fica muito tempo fora de casa, as creches, hotéis compartilhados são saídas interessantes, bem como a companhia de outro animal ou o revezamento de responsabilidades com outro membro da família.


•Lembrar-se sempre que está lidando com um animal.


Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas pecam nessa questão. O animal é parte da família e pode sim ser tratado como um filho, porém não como um ser humano. Isso pode ser extremamente prejudicial ao cão.


Isso faz com que o tutor crie o hábito de punir atitudes normais para um cachorro, como quando o cão late, cava, caça ou até mesmo solta pelos.


Então lembre-se: seu cãozinho é um animal e deve ser treinado, amado e respeitado como tal.


•Treinamento.


Punir o cão por algo que ele não sabe que é errado estressa e confunde o animal. Por isso o treinamento é importante: para garantir o bem estar do animal e o seu próprio, tornando a convivência mais tranquila e com muito menos atrito.


•Evitar barulho excessivo.


A audição de um cachorro é muito mais sensível que a de um humano. Esse fato somado a frequente incapacidade do cãozinho de identificar a origem desse barulho estressa e assusta o animal quando o som é excessivamente alto ou incomum.


É importante que o barulho excessivo seja evitado e que o cão seja protegido quando não puder ser evitado como, por exemplo, quando soltam fogos na rua.


• Higiene constante.


Uma das razões do estresse em animais é a falta de higiene adequada.


Isso causa coceiras, incômodo, mau cheiro e pode ser prejudicial à saúde, sendo uma situação propícia para a proliferação de parasitas, por exemplo.


Para uma boa convivência, mais saúde e segurança, o ideal é higienizar o animal constantemente, dando banhos, escovando os dentes e os pelos, retirando as fezes e higienizando o local de descanso.


•Alimentação correta.


A boa alimentação consiste em alguns pontos básicos. O primeiro deles e mais importante é nunca dar ao animal nenhum alimento humano.


Os alimentos devem ser adequados para o porte do animal, a idade, e condições de saúde como, por exemplo, predisposição a obesidade, problemas cardíacos ou disfunções renais.


E, por fim, é de extrema importância que a quantidade de comida seja adequada, com porções divididas durante o dia e sem atender ao cão todas as vezes que ele “pedir” por essa comida.


Os alimentos Equilíbrio são balanceados, ricos em tudo o que seu cão precisa de acordo com o porte, fase da vida e necessidades especiais. Acompanhando o cão desde filhote até a maturidade, Equilíbrio cuida com preocupação com as necessidades de cada animal.


•Recompensar boas atitudes.


Recompensar o animal quando tem atitudes corretas é tão importante quando corrigir as atitudes incorretas.


Dar um snack, fazer carinho, ter atitudes positivas quando o cachorro demonstra ter entendido o que deve fazer e como deve fazer é de extrema importância pois a decisão correta fica associada no entendimento do animal como uma atitude que recebe uma recompensa, que merece um afago ou snack.


Importante lembrar que para os animais com obesidade ou propensão de desenvolver os Snack Equilíbrio Saúde Oral são as melhores opções, pois eles não podem ficar sem essa prática mas também não devem descuidar da alimentação.


Os Snacks Light Equilíbrio são as opções perfeitas para isso. Com L- carnitina que facilita a queima de gordura e cuidam da saúde do seu animal enquanto você recompensa e cuida da educação.

NOSSOS PRODUTOS:

Equilíbrio Total Alimentos Gatos Equilíbrio Total Alimentos Cães
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

ARTIGOS RELACIONADOS

Caixa de areia para gatos: quais cuidados devo ter?

Os 10 mandamentos do gato

Lista: Atitudes que incitam a desobediência no seu cachorro. Quais erros seus estão afetando o comportamento do seu pet?

10 perfis de animais para seguir no Instagram

Pet Friendly: Lugares onde o seu cão ou gato são muito bem-vindos.

Spa: Um luxo disponível para cães e gatos

Yoga para cães

Cães-guia: Heróis invisíveis

Os 10 mandamentos do cachorro

Vamos passear? Um bom passeio com seu cão faz bem para todos.

Novo membro na família

Mais tranquilo

Banho de Gato

10 atitudes para melhorar o convívio com seu cachorro.

Como fazer o gato usar o arranhador

Animais de apartamento: O que fazer para não ficarem estressados?

Tudo o que você precisa saber sobre Dogwalkers

Derrubando mitos: por que os gatos não devem sair sozinhos

Hotel ou Pet Sitter? Conheça as vantagens e desvantagens e decida onde deixar seu gato

Grande ou pequena, alta ou baixa? Saiba como escolher a caixa de areia perfeita para seu gato.

Como lidar com cães ciumentos?

Seu cão merece estrelar esse lançamento!

Coprofagia canina: o que fazer quando o cachorro come fezes?

Cinofilia: como saber qual a raça do cachorro?

7 causas do mau hálito em gatos.

Como acalmar cachorro assustado com fogos de artifício

Desafio de Instagram: #MeuCãoAdora

3 motivos pelos quais você deve conversar com seu cão

Gatos que tem o costume de fazer xixi em lugares estranhos

7 maneiras de evitar a fuga do seu cachorro

Brinquedos seguros x perigosos: 08 dicas úteis para brincar e proteger o seu cão.

5 soluções para o dilema de ter cachorro e trabalhar fora.

Tem piscina em casa? Você precisa ver essas dicas para dar mais segurança ao seu cachorro!

Descubra por que o seu gato ignora quando você chama, e saiba como mudar isso.

Você sabe por que arranhar é tão importante para o seu gato? Descubra.

Superpoderes? Você não vai acreditar no que seu cãozinho é capaz!

Por que os gatinhos se lambem?

Como socializar filhotes?

Dicas para felinos: Como tornar a casa segura para um gato?

Quando é a hora certa de começar o adestramento?

Seu cão late muito?

Ele quer tudo que a gente come...como resolver isso?

Seu cão é telepata?

Está na hora da família aumentar?

Adotei mais um gato. O que fazer agora?

Melhores raças para crianças

Viagem programada, passaporte nas mãos e nas patas

Os melhores amigos das personalidades

Estudo mostra surpreendente comportamento dos gatos

Como escolher a cama ideal para seu gato

Fases da vida do Gato

O luto e os cães

Abraço - Um santo remédio

Tenho um cão, e agora? Dicas dos primeiros cuidados.

Mimos para cães

Sim, eu converso com meu cachorro!

Estrelas de cinema

Modelo em casa

Mitos sobre os gatos

O frio chegou: Cuidados especiais com o seu cão ou gato no inverno