Você está em: Home > Institucional > Artigos
Institucional
Artigos
Ração para Cães com Problemas Cardíacos

Ração para Cães com Problemas Cardíacos

Ração para cães com problemas Cardíacos é um alimento que deve ter grande qualidade e com as especificidades que o animal precisa quando o cão enfrenta esse impasse.  

 

A linha Equilíbrio Veterinary é uma das mais completas do mercado e ajuda tanto no tratamento das mais diversas doenças caninas.

 

Dentro do cenário cardíaco está a Equilíbrio Veterinary Cardiac, que é composta por Taurina e L carnitina que auxiliam no funcionamento do músculo cardíaco , Õmega 3 que auxilia na vitalidade redução do processo inflamatório e arritmias, baixos teores de sódio que auxiliam no controle de acúmulo de fluidos e baixos teores de fósforo que auxiliam na manutenção da função renal.

 

Geralmente os cães desenvolvem problemas cardíacos na terceira idade, porém existem casos de pets que enfrentam essa infelicidade enquanto novos.

 

 

 

Quais são os Sintomas de Problemas Cardíacos em Cães?

 

 

Os principais sintomas que podem indicar que seu cão sofre de algum problema cardíaco são:

 

- Tosse constante

- Dificuldade para respirar (mesmo em repouso)

- Desmaios

- Falta de apetite e perda de peso

- Arritmia Cardíaca

 

 

Qual é o Tratamento de problemas cardíacos em cães?

 

 

Ao perceber qualquer um dos sintomas de problema cardíaco em cães, leve-o imediatamente a um médico veterinário, para que seja diagnosticado e para que tenha um tratamento correto para ele. Geralmente o tratamento de problemas cardíacos em cães se dá através de medicamentos prescritos por veterinários. Dependo do caso, algumas cirurgias são indicadas. Além do tratamento medicamentoso e cirurgia. Mas para o que fazer para ajudar no tratamento da doença cardíaca em cães? Como já dissemos a alimentação é fundamental, oferecendo uma ração específica, no caso a Equilíbrio Veterinary Cardiac, você estará alimentando seu cão de acordo com suas necessidades nutricionais, além de não estar oferecendo nenhum ingrediente de risco para ele.  Os exercícios físicos também podem ser importantes em alguns casos, mas apenas quando o médico veterinário recomendar.

Outras postagens: