Você está em: Home > Institucional > Artigos
Institucional
Artigos
Melhor ração para gato Bengal

Melhor ração para gato Bengal

A alimentação dos gatos deve ser muito bem escolhida e estudada pelos donos, pois é por meio da ração que o seu animal de estimação receberá todas as vitaminas, sais minerais e nutrientes que precisa para se desenvolver de maneira saudável. Por isso, antes que escolher a melhor ração para o seu gato, procure conhecer mais sobre a raça dele e quais as suas características e principais necessidades. 
 
A raça Bengal é considerada rara no Brasil, pois se estima que existam apenas 30 gatos da espécie em território nacional, já que faz pouco tempo que ela foi trazida ao país. Trata-se de um gato americano, resultado do cruzamento entre um felino selvagem e um doméstico.
 
O temperamento dos gatos Bengal revela um animal inteligente, sociável e ativo. No que diz respeito aos cuidados especiais com essa raça, eles não possuem predisposição ao desenvolvimento de doenças felinas genéticas ou outros problemas de saúde. É aconselhado que o banho seja quinzenal para manter a pelagem sedosa.
 
A Ração Super Premium para gatos é a mais indicada para manter seu felino saudável. No caso dos filhotes, opte pela Equilíbrio Gatos Filhote, que oferece todos os elementos que o gato necessita nesta fase que começa no desmame e termina na adulta. Os gatos adultos devem comer a ração super premium Equilíbrio Gatos Adultos e no caso de castração, a dieta do felino deve mudar, sendo introduzida a Equilíbrio Gatos Castrados que ajuda no controle de peso. Para gatos idosos, acima de 7 anos, a ração super premium Equilíbrio Gatos Castrados Mature é indicada, dando continuidade à dieta alimentar correta de acordo com a idade do animal.
 
É importante que a alimentação acompanhe as necessidades do seu felino. No caso de alguma doença, consulte o veterinário sobre a necessidade de introduzir uma ração específica que auxilia no tratamento.
 
Esteja sempre atento a higienização do comedouro para gato e se ele está se alimentando bem, pois a rejeição da ração pode ser sinal de alguma doença ou incômodo. 

Outras postagens: