Você está em: Home > Blog > Saúde > Cães da raça beagle possuem predisposição à obesidade canina

Cães da raça beagle possuem predisposição à obesidade canina

Saúde
Cães da raça beagle possuem predisposição à obesidade canina

A obesidade canina é uma doença grave que deve ser tratada para evitar o aparecimento de outras doenças que levam a diminuição da expectativa de vida do animal. É importante se ter atenção aos fatores que estão diretamente ligados à obesidade em cães, que é alimentação errada, falta de exercício físico e questões genéticas. Este último item mostra que alguns animais possuem predisposição, como é o caso da raça beagle.

 

O cachorro beagle possui um apetite grande e se não tiver um controle sobre a quantidade de ração que é oferecida, pode comer mais que o necessário e ganhar peso com facilidade. Cuidar da alimentação canina envolve uma série de questões importantes, pois trata-se de uma necessidade básica que irá influenciar em todo o desenvolvimento do animal.

 

A escolha da melhor ração está condicionada ao estado do animal, fase da vida e porte, sendo que em casos especiais, como animais obesos, acima do peso e com tendência a obesidade, a exemplo do beagle, pode-se contar com uma ração para cães especial indicada pelo veterinário. A Equilíbrio possui uma linha completa de rações super premium para controle do peso e tratamento da obesidade.

 

Tratamento da obesidade para raça beagle

Saber identificar a obesidade canina no seu beagle é o primeiro passo. Para te ajudar, criamos um teste bem simples e rápido baseado na observação e palpação, basta clicar aqui. Se o resultado mostrou que você tem um cachorro obeso ou acima do peso, leve-o ao veterinário para indicação de um tratamento.

 

Os cães que estão acima do peso precisam receber uma a ração light para cães que deve ter a quantidade adequada ao peso do animal. A dosagem da quantidade de ração ideal é importantíssima, principalmente na raça beagle que possui bastante interesse pela comida.  A ração Equilíbrio light é enriquecida com L-carnitina, que auxilia queima de gordura, possui antioxidantes naturais para uma vida longa e saudável, e ainda conta com a ação do sulfato de condroitina e sulfato de glicosamina, ajudando a manter a saúde das articulações.

 

Já os animais obesos precisam de uma ração terapêutica indicada pelo veterinário. A linha Equilíbrio Veterinary possui uma ração para cães obesos que é desenvolvida com baixa densidade energética, alto teor de fibras e enriquecida com L-carnitina. Esta é a Equilíbrio Veterinary Obesity & Diabetic, que só pode ser colocada na alimentação canina depois de uma indicação veterinária.

O tratamento da obesidade  também deve contar com rotina de exercícios físicos, como passeios com cachorro, brincadeiras no quintal, natação ou qualquer esporte que seu cão se identifique.

 

Como saber se tenho um cachorro obeso

A identificação da obesidade canina é o primeiro passo para o tratamento, mas nem sempre o tutor tem facilidade para perceber o excesso de peso no cão. Este diagnóstico deve ser feito por meio do escore corporal, que é uma técnica baseada na palpação e observação do animal - é simples e você mesmo pode fazer em casa. Para tirar de vez a dúvida se tem um cachorro acima do peso ou um cachorro gordo, preparamos um teste bem simples no artigo: Como saber se tenho um cachorro obeso.

Compartilhe:

Outras postagens: