Você está em > Cães > Equilíbrio Veterinary

Equilíbrio Veterinary Urinary

Teores adequados de sódio
Baixo teor de proteína
Baixos teores de magnésio e fósforo
pH urinário adequado

Embalagens: 2 kg e 7,5 kg

Umidade (máx.) 10%, Proteína Bruta (mín.) 18%, Proteína Bruta (máx.) 22%, Extrato Etéreo (mín.) 16%, Matéria Fibrosa (máx.) 2,4%, Matéria Mineral (máx.) 7,7%, Cálcio (máx.) 0,6%, Cálcio (mín.) 0,4%, Fósforo (mín.) 0,4%, Fósforo (máx.) 0,6%, Sódio (mín.) 0,1%, Sódio (máx.) 0,3%, Potássio (mín.) 0,6%, Magnésio (mín.) 0,03%, Magnésio (máx.) 0,1%, DL-metionina (mín.) 0,85%, Triptofano (mín.) 0,2%, Taurina (mín.) 0,2%, Inulina (mín.) 0,55%, Enterococcus faecium  (mín.) 4,0x107ufc/kg, Lactobacillus casei (mín.) 4,0x107ufc/kg, Bifidobacterium bifidum (mín.) 2,0x107ufc/kg, Lactobacillus acidophilus (mín.) 5,0x107ufc/kg, Lactobacillus lactis (mín.) 3,0x107ufc/kg, Bacillus subtilis (mín.) 2,0x107ufc/kg.

 

Energia Metabolizável: 4.000 kcal/kg

Milho integral moído, arroz quebrado, farelo de glúten de milho-60, farinha de vísceras de frango, semente de linhaça, gordura de frango, fígado de frango, óleo de peixe refinado, polpa de beterraba, ovo desidratado, aditivo probiótico (1%), mannanoligossacarídeos, inulina, cloreto de potássio, citrato de potássio, cloreto de colina, extrato de yucca schidigera, aditivo antioxidante (tocoferol e essência de alecrim), DL-metionina, taurina, triptofano, ácido fólico, ácido pantotênico, betacaroteno, vitamina A, vitamina B12, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B6, vitamina D, vitamina H, vitamina K, vitamina PP, vitamina E, vitamina C, cobre quelatado, ferro quelatado, manganês quelatado, levedura enriquecida com selênio, zinco quelatado, iodato de cálcio.

Modo de uso: recomendação diária de consumo


Peso do cão Quant. diária Peso do cão Quant. diária
1 kg 27g 25 kg 232g
2,5 kg 50g 30 kg 262g
3 kg 56g 35 kg 291g
7 kg 99g 40 kg 318g
10 kg 126g 45 kg 344g
15 kg 165g 50 kg 370g
20 kg 200g 60 kg 418g

 


A maioria dos quadros de urolitíase é acompanhada de urólitos de estruvita (fosfato amônio magnesiano). A mais importante diferença dos quadros de urolitíase entre cães e gatos é que a maioria das afecções em gatos não é acompanhada de infecção do trato urinário; enquanto a infecção é comum em cães.
Para a formação de cálculos de estruvita, algumas condições são necessárias, por exemplo, concentrações suficientes de magnésio, amônio e fosfato. O controle do sistema Struvite activity products (SAP) colabora na dissolução dos cálculos e na prevenção de recidivas.
Tem sido sugerido que, pelo fato de cães excretarem urina mais concentrada em ureia, a espécie seja mais suscetível a urolitíase por estruvita com infecção, devido à conversão de ureia em amônia; um dos componentes estruturais do cálculo e responsável pelo aumento do pH urinário. Uma dieta que produza urina com pH entre 6.4 e 6.6 é recomendada.
O manejo nutricional para a dissolução de cálculos de estruvita se baseia no uso de um conjunto de nutrientes.
O alimento Equilíbrio Veterinary Urinary Cães – UR possui baixo nível de proteína (18%), mas em quantidade suficiente e de alta qualidade. A intenção da restrição de proteína é diminuir a ureia urinária, substrato importante para bactérias urease positivas e produção de amônia. Além disso, o protocolo para diminuir o risco de recidivas inclui a prevenção da infecção do trato urinário por meio da dieta; a qual deve ter ingredientes que produzam urina ligeiramente ácida e que reduza os componentes estruturais do cálculo de estruvita, como o magnésio e fósforo, além da proteína.
Em quadros de cistite bacteriana, considerar o tratamento farmacológico antes do início da dieta.
Outro fator significativo é o controle da água ingerida, que pode variar consideravelmente dependendo das condições e do tipo da dieta. Teores adequados de sódio podem contribuir para aumentar o grau de consumo de água e subsequente produção de urina.

Produtos para Equilíbrio Veterinary: