Você está em > Cães > Equilíbrio Veterinary

Equilíbrio Veterinary Intestinal

Com proteína vegetal
hidrolisada
Energia metabolizável adequada
FOS e MOS
Glutamina

Indicação

– Distúrbios gastrintestinais crônicos ou agudos;
– Gastrite;
– Má absorção intestinal aguda;
– Supercrescimento bacteriano;
– Insuficiência pancreática exócrina;
– Colite.

Contraindicação

– Filhotes, cadelas prenhes e lactantes;
– Pancreatite;
– Úlcera gástrica;
– Hiperlipidemia;
– Insuficiência hepática/renal;
– Shunt portossistêmico.

Período de administração

Em quadros agudos, recomenda-se a utilização máxima no período de um mês. Nas doenças crônicas o alimento deverá ser fornecido durante toda a vida do animal sob supervisão
veterinária. Para o melhor aproveitamento do produto recomenda-se o fornecimento de no mínimo 4 vezes.

Embalagens: 2 kg e 7,5 kg

Umidade (máx.) 10%, Proteína Bruta (mín.) 23%, Extrato Etéreo (mín.) 18%, Matéria Fibrosa (máx.) 3,5%, Matéria Mineral (máx.) 7,7%, Cálcio (máx.) 1,37%, Cálcio (mín.) 0,91%, Fósforo (máx.) 1,2%, Fósforo (mín.) 0,8%, Sódio (mín.) 0,4%, Potássio (mín.) 0,55%, Magnésio (mín.) 0,05%, DL-metionina (mín.) 0,61%, Triptofano (mín.) 0,2%, Taurina (mín.) 0,18%, L-Glutamina (mín.) 0,5%, Inulina (mín.) 0,55%, Mannanoligossacarídeo (mín.) 0,3%, Enterococcus faecium (mín.) 4,8x107 ufc/kg,  Lactobacillus casei (mín.) 4,8x107 ufc/kg, Bifidobacterium bifidum (mín.) 2,4x107 ufc/kg, Lactobacillus acidophilus (mín.) 6x107 ufc/kg, Lactobacillus lactis (mín.) 3,6x107 ufc/kg, Bacillus subtilis (mín.) 2,4x107 ufc/kg.

 

Energia Metabolizável: 4.080 kcal/kg

Arroz quebrado, farinha de vísceras de frango, milho integral moído, proteína hidrolisada de soja, semente de linhaça, gordura de frango, fígado de frango, óleo de peixe refinado, ovo desidratado, polpa de beterraba, levedura seca de cervejaria, aditivo probiótico, mannanoligossacarídeos, inulina, aluminiosilicato de sódio e cálcio, cloreto de potássio, cloreto de sódio (sal comum), extrato de yucca schidigera, aditivo antioxidante (tocoferol e essência de alecrim), DL-metionina, taurina, triptofano, glutamina, fosfato bicálcico, ácido fólico, ácido pantotênico, cloreto de colina, betacaroteno, vitamina A, vitamina B12, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B6, vitamina D, vitamina H, vitamina K, vitamina PP, vitamina E, vitamina C, cobre quelatado, ferro quelatado, manganês quelatado, levedura enriquecida com selênio, zinco quelatado, iodato de cálcio.

Modo de uso: recomendação diária de consumo


Peso do cão Quant. diária Peso do cão Quant. diária
1 kg 25g 25 kg 281g
2,5 kg 50g 30 kg 322g
3 kg 57g 35 kg 361g
7 kg 108g 40 kg 399g
10 kg 141g 45 kg 436g
15 kg 191g 50 kg 472g
20 kg 238g 60 kg 541g

 


As doenças gastrintestinais podem ser amenizadas através do manejo dietético, que pode influenciar na absorção, motilidade, microbiota e corrigir deficiências nutricionais. Muitos pacientes acometidos podem desenvolver quadros de desnutrição provinda da inabilidade do organismo em desempenhar suas funções normais.
A inclusão de ingredientes específicos no alimento é recomendada para auxiliar na recuperação de cães com distúrbios gastrintestinais, pois irão atuar compensando a perda de capacidade funcional deste sistema.
A intervenção nutricional é um importante aspecto para se alcançar o sucesso da recuperação, juntamente com a terapia farmacológica.
- Proteína de alta absorção: O trato gastrintestinal doente prejudica a absorção de nutrientes, o que pode agravar o quadro e levar à desnutrição. A presença de proteína de soja de alta absorção e digestibilidade é fundamental para a recuperação do sistema gastrintestinal.
- Nível ideal de EM: A energia metabolizável é inversamente proporcional à quantidade de alimento que deverá ser fornecida. O manejo nutricional imediato de uma doença gastrintestinal aguda normalmente consiste em reduzir a quantidade de alimento, com a intenção de contribuir para um descanso gástrico. Por esta razão a Equilíbrio Veterinary Intestinal possui energia metabolizável ideal.
- FOS e MOS: prebióticos são capazes de favorecer a saúde intestinal.
O FOS, no intestino delgado, é resistente à ação das enzimas intestinais e pancreáticas, o que lhe confere efeito osmótico por sua capacidade de retenção de água. O MOS, derivado da parede de levedura, modula o sistema imunológico e a microbiota intestinal.
- Glutamina: aminoácido que funciona como agente nutricional em distúrbios gastrintestinais. Além de proteger o intestino e o estômago, fornece energia para os enterócitos, ao mesmo tempo em que evita a atrofia da mucosa e diminui os riscos de translocação bacteriana.

Produtos para Equilíbrio Veterinary: